vide gal lyrics – daniela mercury

rio, rio, rio
rio pra não chorar
pra quem não sabe sou rio
a cantar

som do flamengo
soa ali em botafogo
sou da casquinha do ovo
essas flores
na rocinha vou plantar
quem olhar minha barraca
no morro da santa marta
quer morar

rio, rio, rio
rio pra não chorar
pra quem não sabe sou rio
a cantar

se tenho fome
como logo o pão de açúcar
urro no morro da urca
se quero abraço
tenho o cristo pra abraçar
tamborim pra ti tarol
escalados pelo sol
rio e morro de amar

vide gal

/ daniela mercury lyrics